VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Plantas e Jardim / Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza
Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza

Matéria: Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma planta bulbosa e perene pertencente à família botânica Araceae. A espécie é nativa das florestas tropicais da Malásia a Queensland. Seus nomes comuns são taro gigante, taioba, orelha de elefante e Alocasia gigante.

Características da Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza

Planta herbácea perene, rizomatosa, de altura até 2,0 m.

As folhas são grandes, mais de 0,50 m de comprimento, verdes ou variegadas de branco, forma de coração, com nervuras marcadas e bordas onduladas.

As inflorescências são em forma de espádice como no filodendro, mas não tem importância ornamental.

Como plantar e cultivar a Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza

Ap
ecia clima temperado, subtropical e tropical. Não tolera geadas.

Deve ser cultivada a pleno sol ou meia sombra, em solo fértil e rico em matéria orgânica, com regas regulares.Tolera terrenos alagadiços, podem também ser plantadas dentro dágua, em margens de rio.

É uma planta muito rústica, que necessita de poucos cuidados mas recomenda-se fazer podas de contenção, pois tendem a formar densas touceiras.

Como propagar e adubar a Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza

Multiplica-se separando-se as mudas que se formam lateralmente, a muda deve conter o rizoma.

Utilização ornamental da Orelha de Elefante – Alocasia Macrorrhiza

Para lagos residenciais é preciso que as raízes sejam revestidas com uma espécie de manta de feltro permeável, para não turvar a água. Mas este tipo de planta suporta apenas as raízes mergulhadas. A parte aérea precisa ficar fora dágua.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797