VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Árvores e Arbustos / Bambu - Phyllostachys Aurea
Bambu

Matéria: Bambu - Phyllostachys Aurea

Autor - Fonte: Equipe Floresbella


É uma perene pertencente à família botânica Poaceae. A espécie é nativa das regiões temperadas e tropicais da China, Japão e Taiwan.

Características do Bambu - Phyllostachys Aurea

É um bambu de vida longa com hastes verticais que geralmente crescem de 2 a 8 metros de altura, mas ocasionalmente atingindo até 12 metros de altura. As plantas formam aglomerados densos ou soltos e se espalham rapidamente através de caules subterrâneos rastejantes, com as hastes verticais sendo produzidas a partir de suas articulações.

Sua folhagem verde clara, bastante densa, adorna os caules desde a base até ao topo. Os nós de algumas canas estão bastante comprimidos e aglomeram-se
na base: esta particularidade facilita o seu reconhecimento.

Quando produzidas, as flores ocorrem em espigas de até 5cm de comprimento com 8 a 12 flores.

Como plantar e cultivar o Bambu - Phyllostachys Aurea

Melhor cultivado em substratos arenosos, profundos e bem drenadas, com pH entre 5 e 7,5. Estas plantas precisam de uma profundidade de solo de pelo menos 36cm (14 polegadas) para um bom crescimento. Embora possa persistir em uma variedade de solos, o diâmetro e a altura do caule são provavelmente reduzidos em solos com texturas finas ou mal drenados.

Essas plantas devem ser plantadas onde possam ser monitoradas e contidas. Este bambu, uma vez estabelecido, é muito agressivo tanto na sua taxa de crescimento como no surgimento de novos caules.h2>Como propagar e adubar o Bambu - Phyllostachys Aurea Pode também ser propagado por estacas basais de cana na primavera. Plante pedaços no início da primavera. Mantê-los continuamente úmido, assim, logo irão enraizar e continuar crescendo.

Pulverize a folhagem quando crescer dentro de casa. Fertilize mensalmente com fertilizante líquido se estiver plantado num vaso.

Utilização ornamental do Bambu - Phyllostachys Aurea

Produtos à base de bambu processado podem substituir, ou até mesmo evitar, o corte e o uso predatório de florestas tropicais, destacando-se, dentre outros, produtos como carvão, carvão ativado, palitos, chapas de aglomerados entre outros. Bastante utilizado em vários tipos de construções indígenas também.

O bambu possui caules lenhificados utilizados na fabricação de diversos objetos como instrumentos musicais, móveis, cestos e até na construção civil, onde é utilizado em construções de edifícios à prova de terremotos. Também é possível produzir a partir desta gramínea, a fibra de bambu.

Phyllostachys aurea fornece barreiras visuais, bem como barreiras de ruído. É uma excelente escolha para triagem de privacidade ou uma cerca de bambu.

Existem muitas receitas com broto de bambu, de modo geral a fervura ajuda a deixa-lo macio. Na China também são feitos alguns produtos utilizando o bambu como: É amplamente cultivado por seus brotos comestíveis na China; tem o sabor mais doce do gênero eles o utilizam na fabricação de cerveja, vinagre, molho, vinho entre outros.

O broto de bambu é rico em nutrientes como proteínas vegetais, aminoácidos, cálcio fosforo, selênio e vitaminas, é capaz de ajudar a prevenir doenças cardiovasculares e câncer.

Pragas e doenças que atacam o Bambu - Phyllostachys Aurea

O bambu é uma planta forte e resistente e é mais provável que morra por falta ou excesso de rega.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797