VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Plantas Aquática / Aguapé – Eichhornia Crassipes
Aguapé

Matéria: Aguapé – Eichhornia Crassipes

Autor - Fonte: Equipe Floresbella


É uma espécie de planta aquática flutuante e perene pertence a família botânica Pontederiaceae, é originária das massas de água doce das regiões tropicais quentes da América do Sul, com distribuição natural nas bacias do Amazonas e do Rio da Prata é popularmente conhecida como aguapé e jacinto dagua.

Características do Aguapé – Eichhornia Crassipes

Tem os caules vegetativos muito curtos, folhas largas, obovadas, com lâminas espessas e lustrosas de 2 a 16 cm de comprimento, dispostas em roseta. Os pecíolos são ascendentes, alongados, inchados (bulbosos) na base, dotados de tecido aerenquimatoso esponjoso.

As plantas flutuam acima da superfície da água, mant
das eretas pela massa de aerênquima presente na base dos pecíolos, podendo crescer acima da água até 100 cm. As raízes são plumosas, negro-purpurescentes, mantendo-se livremente pendentes abaixo da superfície da água.

As flores crescem ocorrem em inflorescências eretas, do tipo espiga, com 8-15 flores vistosas, com coloração rosada a lilás ou azul-celeste e uma conspícua mancha amarela no lóbulo superior do perianto.

Como plantar e cultivar o Aguapé – Eichhornia Crassipes

A temperatura ideal de crescimento é 25-30 °C. As folhas não resistem à geada e são negativamente afetadas por temperaturas abaixo dos 10 °C. A espécie não tolera temperaturas da água acima dos 35 °C.

Cresce bem em corpos de água eutrofizados que contenham níveis altos de azoto, fósforo e potássio. Águas contaminadas com metais pesados como cobre e chumbo não limitam o seu crescimento..

Como propagar e adubar o Aguapé – Eichhornia Crassipes

Na sua região de origem a espécie é polinizada por diversas espécies de abelhas de probóscide longo (especialmente Anthophoridae), podendo-se reproduzir sexuadamente e clonalmente (por reprodução vegetativa). A capacidade invasiva da espécie deriva em boa parte da sua capacidade de se auto-clonar, produzindo grandes massas flutuantes de plantas todas com a mesma constituição genética.

Utilização ornamental do Aguapé – Eichhornia Crassipes

É utilizada em fitorremediação e como planta medicinal, fertilizante de solos e planta ornamental, embora seja considerada uma perigosa espécie invasora nas regiões tropicais e subtropicais.

Pragas e doenças que atacam o Aguapé – Eichhornia Crassipes

A espécie não tolera salinidade superior a 15 ‰ e estima-se que o intervalo de tolerância do ph seja de 5,0 a 7,5. A pouca tolerância à salinidade é utilizada para combater a proliferação da planta, sendo comum em estuários e no curso inferior dos rios rebocar as jangadas de plantas até áreas de água mais salina. Em água salobra as folhas adquirem epinastia e clorose e acabam por morrer.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797