VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Flores / Flor Margarida
Margarida

Matéria: Flor Margarida

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma planta herbácea e perene nativa da Europa. Pertence à família das compostas, a mesma do crisântemo, da dália e do girassol. Também conhecida popularmente como bem-me-quer, malmequer, bonina e outras.

Dentro da família de plantas Composta estão mais de 50 000 espécies, compreendendo cerca de 900 gêneros.

Características da flor Margarida

A característica principal é que tem flores em capítulo, uma espécie de receptáculo, alguns grandes, como no girassol (Helianthus) outros bem pequenos como no agerato (Ageratum).

As flores individuais são unissexuais. As femininas fecundadas produzem um fruto seco de nome aquênio.

Como plantar e cultivar a flor Margar
da

O local que irá receber as margaridas deve ser preparado com uma mistura de material orgânico com adição de um fortificante a base de fósforo. Além disso, o solo deve ser altamente drenável, para não haver acúmulo de água.

Se a margarida for cultivada em vaso, escolha um com furo, para que o solo não fique encharcado, evitando assim o apodrecimento do caule.

A melhor fase para plantar as mudas é no início da primavera, no período das chuvas, em duas semanas as mudas começam a brotar dando origem às novas touceiras.

Elas exigem raios de sol pelo menos em uma parte do dia. A planta não gosta muito de frio, por isso em casos de geadas, elas devem ser protegidas.

A rega deve ser feita pelo menos uma vez ao dia, mas, deve-se tomar cuidado para não encharcar o solo, pois água em demasia favorece o surgimento de fungos nocivos à planta. Evite também de fazer a rega nos horários mais quentes do dia, faça pelo início da manhã ou no final do dia.

As podas devem ser realizadas entre junho e agosto e sempre com tesouras afiadas e na diagonal dos galhos e folhas.

Para manter as flores sempre saudáveis e belas, é indicado após a floração, fazer o replantio das margaridas em outros vasos ou canteiros, cujo solo foi preparado com os mesmos substratos utilizados para o plantio da margarida.

Como propagar e adubar a flor Margarida

Pode ser plantada, a partir de sementes ou mudas, em vasos, moitas, canteiros ou grandes jardins.

Utilização ornamental da flor Margarida

As margaridas fazem parte de projetos de paisagismo onde exercem papel importante na ornamentação dos canteiros e jardineiras.

Colocadas juntas em maciços e tapetes fazem um belo espetáculo e complementam outras de maior porte e mais estruturais quando rasteiras e pequenas.

Muito divulgada para ornamentação de jardins, a tajetes (Tajetes patula) é uma planta versátil.

Além de ser ornamental, tem utilização natural, é repelente de insetos e nematicida.

Uma substância de grande poder letal para insetos, o piretro, é obtido de plantas do gênero Chrysanthemum.

É usado para fabricação de inseticidas, pois contém substâncias chamadas de piretróides, de ação fulminante para mosquitos e moscas, tendo baixo poder tóxico para humanos e animais de sangue quente.

Pragas e doenças que atacam a flor Margarida

A flor Margarida pode apodrecer nas raízes por excesso de rega, para manter a planta sempre saudável não exceda a rega, mantenha o substrato da planta apenas úmido.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797