VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Plantas e Jardim / Caládio - Tinhorão
Caladio

Matéria: Caládio - Tinhorão

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma espécie nativa do Brasil e regiões tropicais, pertence a família botânica Araceae, também conhecida popularmente pelos nomes: Caládio ou tinhorão.

Características do Caládio - Tinhorão

é uma planta herbácea perene e rizomática podendo chegar a ter até 70cm de altura e 50 cm de diâmetro, na forma de coração com as bordas recortadas em ondulações, textura de couro e uma cor verde intensa com um tom de branco marcante que cobre suas nervuras foliares compondo o destaque na beleza da folha.

Adora local com atmosfera úmida e alta luminosidade. A temperatura recomendada para o seu cultivo deve ser entre 18 a 22°C. Sua folhagem é toxica e deve ser mantida
fora do alcance de animais e crianças.

Como plantar e cultivar o Caládio - Tinhorão

Plantar o bulbo não enterrando demasiado, deixando a ponta de fora da terra.

Assim que iniciar o calor notará que começa a brotar. Deixe em local iluminado, mas em cultivo protegido, para regiões de invernos frios.

No outono e na região Sul esta planta começa a secar as folhas que acabam por cair e o bulbo entra em dormência, retornando na primavera. Se estiver em vaso deixe sem regar. O bulbo pode ser retirado e guardado até a primavera para novo envasamento. Esta planta precisa de estar num ambiente sem incidência de raios solares direto sobre suas folhas, mas com boa luminosidade.

Quando cultivada em vasos, o solo de cultivo deve ser composto e rico em matéria orgânica, bem drenável e solto.
Aprecia pulverizações de água na folhagem. Adubo líquido de quinze em quinze dias entre Março e Setembro.
O replante deve ser realizada a cada dois anos, caso o plantio não seja unitário, espaçar 45 cm entre cada planta.

Como propagar o Caládio - Tinhorão

Sua propagação se dá através da estaquia dos bulbos, realizado antes deles brotarem novamente no final do inverno, cortando o rizoma em pedaços e deixando sobre um papel até formar uma película sobre o corte, quando já pode ser enterrados em pequenos vasinhos individuais com substrato composto com areia, perlita, casca de arroz carbonizada ou mistura de terra e areia, regue e cubra com um saco plástico para formar uma pequena estufa até produzir um pequeno broto e poder ser acomodado em local definitivo.

Utilização ornamental do Caládio – Tinhorão

Seu potencial ornamental está na beleza das folhas e sua variação de cores. Para interiores, seu cultivo somente é recomendado junto a janelas onde possa receber luz natural intensa.

No paisagismo suas folhas de formato exótico a tornam atraentes para decorar jardineiras expostas em sol direto.

Pragas e doenças que atacam a Caládio – Tinhorão

A umidade exagerada nas raízes e tronco favorece o aparecimento de fungos e podridão, que pode levar ao amolecimento dos bulbos e a planta à morte se não receber o tratamento mais adequado.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797