VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Árvores e Arbustos / Árvore Moringa Oleífera – Acácia Branca
Moringa Oleífera – Acácia Branca

Matéria: Árvore Moringa Oleífera – Acácia Branca

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

Nativa dos sopés montanhosos meridionais dos Himalaias (Noroeste da Índia) é uma planta da família Moringaceae, mais conhecidas simplesmente por moringas, ainda que seja também vulgarmente designada como acácia-branca, árvore-rabanete-de-cavalo, cedro, moringueiro e quiabo-de-quina.

Características da Árvore Moringa Oleífera – Acácia Branca

A árvore em si não é muito robusta, mas desenvolve ramos que crescem até cerca de 10 m de comprimento, podendo a planta alcançar 12 metros de altura. Os frutos são cápsulas piramidais arredondadas, com sementes com três asas equidistantes. As folhas são bipinadas. As flores são amarelo-pálidas e relativamente grandes.

Com
plantar e cultivar a Árvore Moringa Oleífera – Acácia Branca

Cresce principalmente em áreas semi-áridas tropicais e subtropicais. Sendo o seu habitat preferencial o solo seco e arenoso, tolera solos pobres, como em áreas costeiras. Suas mudas são obtidas através de semeadura ou estaquia de ramos com mais de 20 cm. No cultivo em larga escala, seu tronco é submetido a podas regulares de forma que sua altura não ultrapasse cerca de um metro e meio, visando facilitar a colheita das folhas.

Seu crescimento é extremamente rápido, atingindo o porte arbóreo já nos primeiros meses após a semeadura. A
produção de sementes se inicia no primeiro ano.

Como propagar a Árvore Moringa Oleífera – Acácia Branca

A sua polinização é efetuada por pássaros e insetos.Quando reproduzida através da técnica de estaquia, produz raízes capazes de conter a erosão dos solos.

Utilização da Árvore Moringa Oleífera – Acácia Branca

As folhas e vagens são utilizadas na alimentação humana. Sua principal riqueza está no altíssimo valor nutricional das suas folhas e frutos. A Moringa Oleífera contêm mais de 92 nutrientes e 46 tipos de antioxidantes, além de 36 substâncias anti-inflamatórias e 18 aminoácidos, inclusive os 9 aminoácidos essenciais que não são fabricados pelo corpo humano.

A sua folhagem é usada como forragem para animais. As suas sementes, oleosas, são utilizadas para a produção do óleo de ben, rico em ácido beénico, usado em pintura artística.Têm um aroma muito delicado e são usadas para produzir produtos cosméticos. A madeira é usada na produção de papel e de fibras têxteis. As raízes são consideradas abortivas.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797