VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Árvores e Arbustos / Árvore Cuieira - Coité - Crescentia Cujete
Cuieira - Coité - Crescentia Cujete

Matéria: Árvore Cuieira - Coité - Crescentia Cujete

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma árvore que produz flor nativa da América Central, foi introduzida na América do sul particularmente nas regiões norte e nordeste do Brasil, pertence a família das Bignoniaceae.

Características da Árvore Cuieira - Coité - Crescentia Cujete

O coité é uma árvore perene que atinge entre 12 e 16 metros de altura. Apresenta tronco e galhos tortuosos e uma coloração acinzentada na casca.

O fruto é em forma de globo, com até 25 centímetros de diâmetro. As folhas são simples e alongadas, em diversos tamanhos. A cor é verde-escura e brilhante. Esta árvore não tem uma copa frondosa. Suas flores são relativamente grandes e possuem os dois sexos na mesma flor (he
mafroditas), formadas ao longo do tronco.

Como plantar e cultivar a Árvore Cuieira - Coité - Crescentia Cujete

Planta tropical que aprecia climas quentes e chuvosos. Pode ser cultivada em climas subtropicais suportando uma ou duas geadas anuais com o mínimo de 0 grau.

Adapta-se a qualquer altitude e vários tipos de solos, mais frutifica melhor em terras vermelhas, úmidas e ricas em matéria orgânica.

Resiste bem a secas de até três meses sem chuvas.

Como propagar Árvore Cuieira - Coité - Crescentia Cujete

As sementes de acácia germinam com facilidade. É uma árvore sensível ao transplante, devendo ser escolhido o local para o plantio definitivo após a muda estar formada.

Utilização da Árvore Cuieira - Coité - Crescentia Cujete

A madeira do Coité é dura e forte, excelente para marcenaria e carpintaria.

Seus frutos tem casca duríssima que servem como vasilhame, cuias para líquidos e para a confecção de instrumentos musicais (berimbau, maracá), além de fornecer material para tingimento.

O fruto possui propriedades terapêuticas, mas é preciso muito cuidado no seu uso, pois também pode ser tóxico.

O decocto e o extrato da casca são muito eficazes no tratamento da inflamação do intestino e contra o acúmulo anormal de líquidos no corpo.

A polpa, quando verde, é corrosiva e usada no tratamento de doenças respiratórias, e quando madura, é abortiva


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797