VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Árvores e Arbustos / Árvore Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell
Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell

Matéria: Árvore Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma Árvore brasileira perenifólia, nativa da floresta clímax, mas que também pode ser encontrada em formações vegetais abertas, a peroba fornece madeira de cor rosa, embora conste outro tipo de tonalidade alaranjado.

Características da Árvore Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell

Ocorre nos estados da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia.

De desenvolvimento lento, de madeira dura, que chega a atingir de 25 a 45 metros de altura com 60 a 90 de diâmetro; com o tronco ereto o que lhe confere a categoria de madeira de corte.

Folhas não congestas no ápice dos ramos, simples, elíptico-lanc
oladas a oblongo-elípticas, cartáceas, glabra, com nervura principal impressa na face superior e emersa na inferior, de 6-12 cm de comprimento por 2-6 cm de largura.

As flores são esbranquiçadas, esverdeadas ou amareladas, reunidas em inflorescências paniculadas axilares, subapicais.Apresenta folículos clavado-oblongos.
Fruto folículo seco, com sementes monoaladas, não comestível.

Floresce de setembro até meados de novembro, junto com as novas folhas. A maturação dos frutos verifica-se em agosto-setembro.

Madeira moderadamente densa (650 a 870 kg/m³) é muito solicitada na construção de embarcações marítimas por não ser facilmente atacada por gusanos.

Como plantar e cultivar a Árvore Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell

Pode ser plantada isolada ou em grupos e deve ser cultivada sob sol pleno, em solo leve, aerado e arenoso, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente no primeiro ano de implantação da muda.

É recomendável acrescentar 100 g de fosfato natural de rochas ou farinha de ossos calcinada e preencher as laterais da cova, colocando um pouco no fundo, acomodando o torrão e colocar o tutor de estaca de eucalipto adquirido também em hortos.

Para o bom desenvolvimento da muda é necessário que seja irrigada durante 10 dias em que não houver chuva e nos dias quentes, garantindo a sobrevivência dela.

Como propagar a Árvore Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell

Semeadura: Recomenda-se semear em recipientes, sacos de polietileno com dimensões mínimas de 20 cm de altura e 7 cm de diâmetro, ou em tubetes de polipropileno grande. A repicagem, quando necessária, pode ser efetuada quatro a seis semanas após a germinação. Germinação: Epígea, com início entre quatorze a 60 dias após a semeadura. O poder germinativo varia entre 35 a 70%. A formação da muda é muito lenta, mínimo de nove meses após a semeadura. Cuidados especiais: Durante a fase de produção de mudas, a aplicação de fertilizantes, bem como o sombreamento dos canteiros, é aconselhável

Utilização da Árvore Peroba-Rosa- Aspidosperma Polyneuron Muell

A madeira da peroba-rosa é muito utilizada em construção civil. Por exemplo, dela fazem-se vigas, caibros, ripas, marcos de portas e janelas, venezianas, portas, portões, rodapés, molduras, tábuas e tacos para assoalhos, degraus de escadas, móveis pesados, carteiras escolares, produção de folhas faqueadas, construção de vagões, carrocerias, dormentes e fôrmas para calcados.

A árvore é bastante ornamental, principalmente pela copa piramidal de folhagem brilhante, prestando-se muito bem para o paisagismo em geral.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797