VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Flores / A Maior flor do mundo - Rafflesia Arnoldii
A Maior flor do mundo - Rafflesia Arnoldii

Matéria: A Maior flor do mundo - Rafflesia Arnoldii

Autor - Fonte: Equipe Floresbella


é originária da Indonésia e é popularmente conhecida como Flor Monstro devido ao seu porte grande.

Características da maior flor do mundo - Rafflesia Arnoldii

A planta produz a maior flor do mundo, A flor desenvolvida pode chegar a 1 metro de diâmetro, pesando cerca de 10 kg. Assim como a Flor Cadáver, esta possui um cheiro peculiar semelhante à carniça, que ajuda na atração de insetos e polinização; e também produz um liquido pegajoso que prende os insetos para sua alimentação. Trata-se de uma planta parasita, pois sobrevive sugando nutrientes das raízes de uma árvore chamada Tetrastigma. Portanto, não realiza a fotossíntese, não possui caule, raiz nem folha
.

Vivendo presas ao caule ou raízes de árvores, estas plantas parasitam preferencialmente as plantas do género Tetrastigma, da família das vitáceas. As suas raízes, transformadas em filamentos endófitos semelhantes ao micélio de um fungo, penetram profundamente nos tecidos do caule e raíz da planta hospedeira, da qual extraem os nutrientes de que a raflésia necessita para o seu desenvolvimento. Durante a maior parte da sua existência a raflésia reduz-se a feixes de tecidos intercalados entre os tecidos da planta hospedeira, apenas emergindo do seu ritidoma quando forma o gomo que origina a flor. A flor pode demorar até 10 meses para atingir a maturação, permanecendo aberta apenas durante algumas horas ou dias.

As raflésias são compostas quase totalmente pela sua flor, considerada a maior do mundo, já que não têm folhas e o seu caule está reduzido a um curto segmento não ramificado, uma simples cúpula basal, que suporta diretamente a flor.

As flores têm formato circular, com cinco pétalas. A cor das pétalas varia do rosado ao vermelho vivo, salpicada de manchas brancas.
Para se reproduzirem, as raflésias emitem um forte odor a carne putrefacta, o que atrai os insectos responsáveis pela polinização. Esse cheiro nauseabundo leva a que o nome local da planta possa ser traduzido por flor-cadáver ou flor-carne. O fruto é comido por alguns mamíferos da floresta.

Como cultivar a maior flor do mundo - Rafflesia Arnoldii

Como cada indivíduo apenas dá origem a uma flor e esta é unissexual, então o cheiro a decomposição ajuda a atrair moscas e escarevelhos, para serem os seus agentes de polinização. Para a reprodução ter sucesso, é necessário que existam flores do sexo oposto na vizinhança.

Depois de se originar o fruto, redondo com muitas sementes, estes são devorados por musaranhos-arborícolas que ajudam a espalhar as pequenas sementes. O estado de conservação de Rafflesia arnoldii é desconhecido, pois as florestas tropicais principais do Bornéu e Sumatra continuam a ser destruídas.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797