VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Orquídeas / Orquídea Cattleya dormaniana
Cattleya dormaniana

Matéria: Orquídea Cattleya dormaniana

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma espécie epífita endêmica do Rio de Janeiro na Serra dos Órgãos, tem como tipo para a espécie flores em vários tons de verde oliva e marrom. O labelo com lobos laterais rosados e lobo central com coloração mais intensa. São valorizados os clones de flores muito escuras e de boa forma.
É uma espécie epífita com pseudobulbos roliços, finos e canelados de 30 centímetros de altura.

Folhas da Orquídea Cattleya dormaniana

Porta duas folhas oblongas e coriáceas.

Flores da Orquídea Cattleya dormaniana

Pétalas e sépalas de cor marrom-esverdeada brilhante, pontudas e levemente onduladas. Labelo trilobado de cor rosada, lóbulo central orbicular e ondulad
de cor púrpura. Existe variedade com flores de pétalas e sépalas de cor verde-claro brilhante. Inflorescência com duas ou três flores de 12 centímetros de diâmetro. Floresce na primavera - outono.

Cultivo e cuidados com a Orquídea Cattleya dormaniana

Clima

Tem seu habitat em áreas de elevada umidade e com altitudes ao redor de 600 a 1000 metros. No cultivo é importante mantê-las em condições parecidas ao seu habitat, principalmente em relação a umidade, pois não possuem grandes reservas em seus bulbos (como toda Cattleya bifoliada), o que torna muito difícil sua recuperação se acontecer dela adoecer.

Regas

Necessita de boa umidade ambiente, porem não tolera umidade excessiva nas raízes, que apodrecem se ficarem encharcadas.

Solo Ideal para o plantio da Orquídea Cattleya dormaniana

Vaso com xaxim desfibrado e pedras no fundo para drenagem, ou também pode ser fixada em placas de xaxim, ou pequenos troncos de madeira com um pouco de asfagno para reter a umidade.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797