VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Cactos e Suculentas / Flor de Cera - Hoya anulata
Hoya anulata

Matéria: Flor de Cera - Hoya anulata

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

É uma espécie nativa da Austrália, Indonésia e Papua Nova Guiné. Foi recolhido pela primeira vez pelo biólogo Schlechter, em fevereiro de 1902, em árvores na floresta, na parte superior do rio Nuru, a uma altitude de 400 metros acima do nível do mar.

Características da Flor de Cera - Hoya anulata

As folhas são ovaladas, carnudas, lisas, lustrosas, medem cerca de 5 a 9 cm de comprimento por 4 cm de largura, verde claro, sem veias visíveis. Se a planta estiver iluminada pela luz solar direta, as bordas das folhas ou mesmo a placa inteira da folha ficam vermelhas. A base da folha é cordada ou redonda, as bordas das folhas levemente dobradas para dentro. As folhas de Hoya anul
ta são muito semelhantes às folhas de Hoya diptera .

No guarda-chuva de flores abre 10 a 15 flores com um diâmetro de 1,5 cm. A corola das flores é plana, os lóbulos da corola são de rosa pálido para quase branco, a coroa é rosa ou quase vermelha. As flores permanecem abertas por cerca de 8 dias, espalham o aroma do coco e emitem uma grande quantidade de néctar, muito atrativa de abelhas e beija flores.

Esta variedade é fácil de crescer, mas não espere floração freqüente e abundante.

As temperaturas para as Hoya anulata é entre 18 a 22 ° C durante os dias de inverno e 16 a 18 ° C durante as noites de inverno.

Na primavera um clima de 20 a 22 ° C durante o dia e aproximadamente 20° C à noite e durante o verão melhor uma temperatura entre 25 até 28 ° e uma boa circulação de ar. É aconselhável deixar os hoyas a meio da sombra, exceto aqueles em broto o que abortaria a floração.

Como cultivar a Flor de Cera - Hoya anulata

Prefere local mais sombreado para poder crescer bem. Tem o caule fino e não tolera períodos secos.

Como plantar, regar e adubar a Flor de Cera - Hoya anulata

Pode ser cultivada em terrários ou fixada em troncos, devido à natureza epífita.
Quando plantadas em vasos o substrato pode ser baseado em casca de pinus, areia grossa de construção, musgo sphagnum e perlita. A Hoya anulata sendo geralmente uma planta epífita, o substrato deve ser bem drenável.

A rega depende do substrato, do tamanho da planta, mas especialmente da maneira como você gerencia o cultivo.

Use água menos calcária para a irrigação da Hoya anulata. Geralmente regas de 1 ou 2 vezes por semana no verão, e menos de uma vez por semana quando está mais frio.

É recomendado um suprimento de fertilizante líquido, tipo orquídeas em baixa dosagem. Em cada rega, use um fertilizande de orquídeas diluído e divida as doses recomendadas em duas partes.

As fertilizações devem ser feitas durante a estação de crescimento que ocorre no início da primavera ao outono, em um substrato previamente molhado, para evitar a concentração de sais que podem queimar as raízes. A má aplicação de doses de fertilizantes pode inibir a floração.

Como combater pragas e doenças na Flor de Cera - Hoya anulata

Os ácaros da aranha prosperam em condições quentes e secas, então tente manter níveis de umidade adequados em todos os momentos. Se uma infestação ocorre, acho que a pulverização repetida com óleo de Neem horticultural é muito eficaz como controle.

Não molhe as folhas à noite; tem muita circulação de ar, e a doença nunca deve ser um problema. Às vezes você verá algumas lesões marrons escamosas em suas folhas - não se preocupe com isso. Alguns Hoyas são mais sensíveis às condições ambientais e padrões de rega do que outros.

Como fazer mudas da Flor de Cera – Hoya anulata

Por estacas de 10 cm de comprimento com dois nós e plantadas em vasos com uma mistura de terra orgânica, perlite e húmus de minhoca. Em três semanas a planta já começará a emitir raízes novas.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797