VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Flores / Amarílis
Flor Amarílis

Matéria: Amarílis

Autor - Fonte: Não informado

É um gênero botânico pertencente à família Amaryllidaceae que inclui duas espécies de plantas herbáceas, perenes e bulbosas nativas da África do Sul. O gênero é o único membro do subtribo Amaryllidinae.
O renascimento da Amarílis, pode se repetir por muitos anos – há casos de bulbos de Amarílis capazes de repetir este ciclo por cerca de 10 anos, dependendo dos cuidados que recebem no cultivo.

Características da Flor Amarílis


A flor Amarílis ou Açucena como também é chamada, é muito especial, o bulbo fica ali durante meses debaixo da terra, parece que secou e não dá mais sinal de vida e de repente, conforme o inverno vai embora e a primavera recebe seus d
as mais quentes, a recompensa dos meses em que o bulbo ficou repousando na terra e armazenando energia dá para perceber que surge o primeiro verde das hastes e ao fim da primavera e todo o verão podemos assistir a uma explosão de flores desabrochando.

Folhas da Amarílis

Suas folhas lanceoladas, verdes, chegam a medir de 30 a 60cm.

Flores da Amarílis

Suas pétalas, muito particulares, são de forma triangular e composto por diferentes tonalidades de cor.
De seu Bulbo surgem hastes com flores exuberantes – algumas chegam a medir 20 cm de diâmetro em cores diversas, que vão do branco ao vermelho intenso, passando pelo rosa, coral e lindos degrades e mesclas.
A floração da Amarílis ou Açucena ocorre de outubro a dezembro, produzindo haste floral com duas, quatro ou oito flores grandes, nas cores vermelha, rosa, coral, mesclada e branca, dependendo da variedade.
Amarílis é uma flor popularmente conhecida como Açucena , flor da imperatriz e flor Amarílis, que também pode ter seu período de florescimento prolongado em regiões onde o inverno não é muito rigoroso.

Cultivo e cuidados com a Amarílis


Plantas Açucena cultivadas em vasos precisam ser replantadas a cada dois ou três anos, com espaçamento recomendado entre elas de 20 a 40 centímetros.

Clima

Seu cultivo é mais adequado em lugares quentes, elas adoram a exposição ao sol, mas ao mesmo tempo odeiam lugares extremamente secos e muito úmidos
As Amarílis ou Açucena, não cresce bem com extremos de temperatura. Não suporta temperaturas muito baixas e quando cultivada em clima quente o ano todo, não desenvolve satisfatoriamente o bulbo, conseqüentemente não florescendo ou florescendo com menos flores.

Luz


O ideal é cultivar Açucena em sombra parcial com boa luminosidade. Tolera sol direto, mas as folhas podem ficar amareladas. Com luminosidade inadequada, geralmente não floresce. Amarílis gostam de luminosidade, sol pleno e meia-sombra.

Regas

As regas na Amarílis podem ser até 3 vezes por semana no verão e uma vez por semana no inverno.
O ideal é manter o solo sempre úmido, mas este não deve ficar encharcado. No inverno, ou nos meses que antecedem a data desejada de florescimento, a irrigação deve cessar ou diminuir.

Solo Ideal para a Amarílis

Deve ser arenoso e bem drenado e adubado de preferência com adubo orgânico e terra rica em matéria orgânica, com pH entre 6 e 6,5. O adubo pode se aplicar o NPK 10-10-10.

Propagação

Para propagar a Amarílis deve se multiplicar os bulbos, muitas vezes apenas os bulbos são comercializados, já prontos para florescer quando plantados. Os bulbos devem ficar enterrados em cerca de dois terços de sua altura total. Além dos bulbos adquiridos no comércio, a planta gera bulbilhos laterais, que podem ser usados na propagação.

Os bulbos também podem ser seccionados verticalmente, com cada fração mantendo um pedaço da base do bulbo. É possível dividir um bulbo grande em até 32 partes aproximadamente igual. Os pedaços são enterrados em cerca de um terço de sua altura em areia mantida úmida. Após várias semanas novas folhas aparecem e por fim surge um novo bulbo, que poderá florescer após dois a...

Ir para a página:


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797