VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Orquídeas / Quanto tempo dura uma orquídea Phalaenopsis
Durabilidade de uma orquídea Phalaenopsis

Matéria: Quanto tempo dura uma orquídea Phalaenopsis

Autor - Fonte: Equipe Floresbella

Uma orquídea do gênero Phalaenopsis após a floração pode ficar florida até três meses em média.
Alguns itens devem ser observados para sabermos quanto tempo dura uma orquídea Phalaenopsis exatamente.

Como tudo na vida tem um ciclo de durabilidade, não é diferente com qualquer ser vivo do reino vegetal.

Se ao comprar ou ganhar uma orquídea de presente, saiba que ela está saindo do meio de cultivo, poderá sofrer algo que diminua o seu tempo de vida, ela poderá sofrer com o clima, mudanças bruscas de temperatura, iluminação do ambiente, doenças relacionadas a fungos ou pestes, falta de rega adequada, falta de fertilização. Algumas poderão passar dos três meses de
durabilidade de sua floração, caso o ambiente esteja propício e os nutrientes tenham ótima qualidade.

As Phalaenopsis podem florir de uma a três vezes por ano, dependendo de diversos fatores, diferentemente de outras espécies de orquídeas, que florescem com menos freqüência.

Portanto, para ter uma idéia de quanto tempo dura uma orquídea Phalaenopsis e quanto tempo vai demorar para cair a flor, observe seu aspecto durante uma semana pelo menos, e perceba a mudança no aspecto da planta, como por exemplo, o vigor, brilho, textura das folhas, o aspecto das flores e botões que ainda não se abriram e os cuidados que você está dando a ela como irrigação adequada, fertilização de boa procedência e a iluminação do ambiente, pois estes são os fatores determinantes para que saibas quanto tempo dura uma orquídea Phalaenospis.

Elas são plantas perenes, ou seja, são plantas que duram anos, muitas passam de 20 anos. Outras duram até muito mais, já que ela vai se renovando conforme suas próprias escolhas.

Afinal, depois da queda das flores, a sua Phalaenopsis pode secar a haste, abrindo caminho para novas hastes, desenvolver um keiki, ou até mesmo vários, ou seja, um broto, ou simplesmente permitir que cresçam algumas ramificações de hastes e também suas belas raízes que ficam expostas trazendo beleza rústica a planta.

Mesmo assim, é sempre bom ter em mente que nada nesse mundo é eterno, certo? Sem os cuidados e até mesmo o replantio caso a planta se desenvolva muito, aí sim ela pode morrer.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797