VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Orquídeas / Orquídea Phalaenopsis sanderiana
Phalaenopsis sanderiana

Matéria: Orquídea Phalaenopsis sanderiana

Autor - Fonte: Equipe Floresbella


É endêmica das Filipinas e vegetam em troncos de árvores ou linhas perto de rios em altitudes de 50 a 900 metros como uma. Seu habitat natural são planícies úmidas tropicais ou florestas subtropicais

Características da Orquídea Phalaenopsis sanderiana

É uma linda planta orquídea de porte médioo que mede aproximadamente 30 a 40 centímetros.

Flores da Orquídea Phalaenopsis sanderiana

Suas flores não tem fragrância e são comumente brancas ou cor-de-rosa e medem cerca de 4 cm de diâmetro. A floração acontece na primavera e verão, suas flores permanecem abertas durante aproximadamente de 25 a 30 dias. Pode chegar a florir mais de uma vez por ano sob condiç
es de cultivo ideal.

Como cultivar a Orquídea Phalaenopsis sanderiana

Clima e luminosidade ideal para o crescimento da Orquídea Phalaenopsis sanderiana

A temperatura ambiente regular ou um pouco mais frio combina perfeitamente com esta orquídea. No entanto, é sensível a geadas e deve ser sempre mantido em condições livres delas.

Embora esta orquídea faça melhor do que a maioria em um ar seco e interior, ainda prefere alta umidade. Pulverizações ou chuveiros de água ocasionais são benéficos. Manter a água no pires cria um ambiente mais úmido.

Como plantar, regar e fertilizar a Orquídea Phalaenopsis sanderiana

Necessitam de muita sombra, um sombreamento de 50% é excelente, pois elas não suportam a incidência de luz do sol diretamente sobre elas.

Preferencialmente e se possível fixa las em galhos de árvores frondosas onde a incidência dos raios solares não ultrapasse a 60%. Um local de sobra nessa proporção e ventilado, também é bem vindo. Aceita bem o cultivo em vasos e placas de xaxim ou madeira.

Replante a cada 2-3 anos em uma mistura de casca e sphagnum musgo.
Deve-se regar a cada 3 ou 4 dias durante o veraão e 2 ou uma vez por semana no inverno. A adubação deve ser feita quando estiver sem flores, com um adubo foliar para orquídeas a cada 15 dias.

Qualquer fertilizante equilibrado de orquídeas (veja os números no recipiente, NPK 20-20-20, etc.) pode ser usado para fertilizar sua orquídea. Alimentar fracamente (metade da dose) semanalmente funciona bem. Uma vez por mês, use água limpa para eliminar os sais acumulados da mistura de encanamento.


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797