VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Plantas e Jardim / Columéia Batom
Planta Batom

Matéria: Columéia Batom

Autor - Fonte: Não Informado

Pela descrição da espécie logo se nota o potencial ornamental da planta. Mesmo quando não está no período de floração, essa espécie de columéia agrega beleza ao ambiente em que está pela grande ramificação das hastes que crescem a partir da touceira. Cientificamente chamada de Aeschynanthus pulcher.

Características da Columéia Batom

Folhas da Columéia Batom

Suas folhas são verdes, ovadas, opostas, cerosas e um tanto suculentas. Elas são dispostas em ramos longos, bronzeados e finos. As folhas são simples, opostas nas hastes, ovais acuminadas e de consistência serosa.

Flores da Columéia Batom

As flores são vistosas, na cor vermelha, cálice t
bular verde avermelhado e corola vermelha, forma tubular com a ponta das pétalas livres e arredondadas.

Reúnem as flores nas pontas das hastes e o florescimento ocorre a partir do final da primavera até o final do verão.

As flores da Columéia Batom surgem no verão, são terminais, com flores de corola tubular, bilabiada e de cor vermelho vivo, e cálice cilíndrico, com tonalidades que variam do verde ao marrom-arroxeado.

Diz-se que por estas características, a flor da Columéia Batom se assemelha a um batom, o que lhe rendeu o nome popular. As flores apresentam aroma pungente e são atrativas para os beija-flores.

Cultivo e cuidados com a Columéia Batom


A planta Columéia Batom pode decorar ambientes internos, desde que esses possuam boa luminosidade indireta e natural. Para aqueles os quais gostam das flores vermelhas que marcam a espécie, porém não possuem um local interno ideal, a dica é cultivar a Columéia Batom em um ambiente externo até o início de sua floração.

Clima

Mudanças bruscas afetam o bom desenvolvimento da Columéia Batom. Para que a espécie não sinta tanto a mudança de ambiente, traga a para o ambiente interno, deixe a por uma semana e leve a novamente para o ambiente externo, a fim de recuperar a planta.

Luz

A Planta Columéia Batom está costumada à luz forte, porém sempre indireta. Indica se pendurar o vaso próximo de uma janela ou debaixo de uma lâmpada própria para estimular o crescimento de plantas, caso você a cultive em ambiente interno ou externo e pouco iluminado.
Os extremos da luminosidade não agradam Columéia Batom. Ou seja, o excesso de sol ou a falta dele são duas condições as quais prejudicam o acontecimento da fase de floração da espécie.

Regas

A irrigação da Columéia Batom deve ser feito a intervalos regulares. Não tolera correntes de ar, encharcamentos ou geadas. Também não aprecia trocas de lugar. No inverno as regas devem ser suspensas, pois podem provocar apodrecimento das raízes. O beliscamento da ponta dos ramos estimula o adensamento da folhagem da planta. Manhosa, prefere ser for irrigada com água morna.

Solo Ideal para a Columéia Batom

Proteger o fundo da jardineira com geomanta ou brita de granulometria média. Por cima colocar areia úmida.

Misturar em um balde composto orgânico e adubo NPK formulação 4-14-8, cerca de 100 gramas para cada 2 kg de terra.

Para vasos que permanecem no exterior podemos também acrescentar adubo animal de curral, cerca de 200 gramas incorporando à mistura.

Propagação

Depois da floração ou no início da primavera podemos retirar uma haste que esteja menos à vista para não estragar o visual da planta.

Retirar as folhas de base e enterrar a haste em areia úmida ou perlita ou mistura de casca de arroz carbonizada com composto orgânico.

Deixar em cultivo protegido, mantendo a umidade do substrato. Quando notar o início do desenvolvimento é sinal que enraizou.

Cultivo Ornamental da Flor Columéia Batom

Ambientes com decoração rústica ou moderna combinam com a columéia batom. Obviamente os ambientes rústicos são mais fáceis de receberem plantas como elemento decorativo.

Para garantir que os ambientes ma...

Ir para a página:


Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797