VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Plantas e Jardim / Cartilha do Solo - Como reconhecer e sanar seus problemas Página 2
Cartilha do Solo - Como reconhecer e sanar seus problemas

Livro: Cartilha do Solo - Como reconhecer e sanar seus problemas Página 2

Autor - Fonte: Ana Primavesi

Ir para a página:
........................................................................................ 58
28. Plantas indicadoras ..................................................................................................................... 59
29. Reconhecimento de pastagens ................................................................................................... 60
30. Plantio Direto ...................................................................................................................... 60
31. Cultivo aleopáticos .................................................................................................................... 63
32. Salinização de solos de estufas e ampos ................................................................................... 65
33. A seca e o que agrava ................................................................................................................ 66
34. A agricultura da não violência ..................................................................................................... 67
Referências bibliográficas .................................................................................................................. 68


Cartilha de inspeção do solo - Ana Primavesi

Introdução

Recebi um E-mail de uma Universidade da India em que um professor me pergunta” Você acredita que a violência urbana tem suas origens na decadência do solo? Por favor me responda” Que pergunta esquisita, pensei, Estes indianos meditam demais e chegam depois a conclusões meio estranhas. Mas depois comecei também a pensar:
Solo decadente é doente, e solo doente somente pode criar plantas deficientes, ou seja doentes. E plantas doentes produzem produtos de um valor biológico muito baixo, por isso são atacados por tantas pragas e doenças precisando muitos defensivos. Em uvas, nas cultivos ao longo do Rio São Francisco, são normal 120 pulverizações com defensivos e tem fazendas onde sobem até 140
pulverizações; diariamente uma, as vezes duas. E plantas doentes somente fornecem alimentos incompletos e os homens que as consomem também são doentes, especialmente atacados dos nervos. . E estas pessoas caem ou na depressão, como faz a maioria, ou no outro extremo que é a violência. Respondi com sim.
Toda vida em nosso Globo depende do solo:
As plantas e nosso alimento,ao oxigênio produzido pelas plantas e o plancton do mar que}por sua vez, vive da matéria orgânica que vem dos continentes.
Os peixes que vivem do plancton e toda cadeia alimentícia que vai até os camarões e lagostas, pinguins e ursos polares e as aves marinhas. A água nos aquíferos niveis freáticos, poços e rios que depende da infiltração da chuva nos solos permeabilizados por sua vida p os micróbios, que o agregam durante a decomposição da matéria orgânica. Vegetal. Mas também decompõem
todos animais e homens mortos, para que nosso planeta seja sempre pronto a receber nova vida e não viaje pelo espaço somente com uma enorme carga; de cadáveres. Igualmente, porém, decompõem tudo que é deficiente, doente, fraco e velho. A vida não pode degenerar ela tem de permanecer forte e vigorosa para continuar através dos milênios. O solo é o alta e omega, o início e o fim de tudo.
E mesmo se até 98% da população vive em cidades como nos EUA. o alimento, a água e o oxigênio vêm do solo e das plantas que ele cria.
Faz quase 4000 anos que a filosofia védica diz:
Se pragas atacam suas lavouras elas vêm como mensageiros do céu para avisá-Io que seu solo esta doente. Por isso os australianos, quando verificam
uma praga no seu campo, primeiro perguntam: O que fiz de errado com meu solo? E tentar descobrir o erro. Somente depois aplicam um defensivo, que sempre é exceção e nunca rotina.
Mata a praga no momento mas depois recupera seu solo, para que isso não se repita. Por quê?
Solo doente - Planta doente - homem doente

Cada ano se neces...
Ir para a página:

Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797