VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Plantas e Jardim / BOKASHI - adubo orgânico fermentado Página 3
Capa do livro bokashi adubo orgânico fermentado

Livro: BOKASHI - adubo orgânico fermentado Página 3

Autor - Fonte: Internet

Ir para a página:
...getais, como o farelo de trigo, de arroz e torta de mamona, entre outros resíduos vegetais, podendo ser enriquecido com farinhas animais (farinha de carne e osso, farinha de peixe) e com alguns minerais naturais (fosfatos naturais, pós de rochas, calcário) em pequenas quantidades para não atrapalhar o processo de fermentação, que e do tipo acido.
Ele deve ser feito com matérias-primas fáceis de encontrar em cada região, o que acaba barateando o seu custo. Por isso, não existe só um tipo de Bokashi. Ele e sempre adaptado para cada região.
Exemplo disso e que, no Norte e Nordeste do Brasil, ele tem sido feito com
resíduos e tortas de dendê e cacau; nas regiões litorâneas, e nriquecido com farinhas de peixes e de algas; nas regiões produtoras de café, utilizam-se suas cascas e resíduos de despolpadores; nas regiões produtoras de arroz, utilizam-se o farelo e a casca; na Costa Rica, utilizam-se diversos resíduos de agroindústria, principalmente da banana e do café.

Fazendo o Bokashi - adubo orgânico fermentado

Bokashi e uma palavra japonesa que significa matéria orgânica
fermentada. E também uma técnica de pintura japonesa que significa diluir
ou borrar, adaptada pelos agricultores para a pratica de misturar a matéria
orgânica a terra da mata, deixando-a fermentar antes de misturá-la a terra dos cultivos. Alguns agricultores ainda empregam essa técnica utilizando terra superficial da mata para fazer a fermentação dos materiais orgânicos. Ao longo dos anos, porem, outros tipos de fermento tem sido utilizados.
A fabricação do Bokashi, portanto, exige, alem de matéria orgânica
balanceada, o uso de fermentos biológicos que podem ser feitos a partir de sua captura em solos de mata, ou através de outros fermentos conhecidos para produção de alimentos fermentados, ou ainda por produtos comerciais
conhecidos como aceleradores de compostagem.
Existem diversos tipos de fermentos ou microrganismos que fazem o tipo
de fermentação adequado para a produção do Bokashi. Alguns deles sao
indicados a seguir.

EM - nome abreviado de Effective Microorganisms ou Microrganismos Eficazes.

Essa tecnologia foi trazida para o Brasil pela Fundação Mokiti Okada, na década de 80, e é utilizada atualmente com diversos objetivos ao redor do mundo. E
oriunda de pesquisas desenvolvidas pelo professor Dr. Teruo Higa, da
Universidade de Ryukyus, no Japão.
O EM e formado pela comunidade de microrganismos encontrados
naturalmente em solos férteis e em plantas que coexistem em meio liquido.
Alguns desses microrganismos são conhecidos ha milhares de anos e utilizados na fermentação e conservação dos alimentos. Os quatro principais grupos de microrganismos que compõem o EM são:
- Leveduras (ex: Sacharomyces sp): utilizadas na fermentação de matérias primas para a produção de cachaça, cerveja e vinho, e como fermento de pão, entre outros usos. No solo, as leveduras utilizam os açúcares e outras
substancias liberadas pelas raízes das plantas, sintetizam vitaminas e outras substancias uteis, alem de ativarem outros microrganismos do solo. As substancias bioativos, como hormônios e enzimas produzidas pelas leveduras, também atuam como promotores de crescimento nas raízes. Elas produzem um ambiente necessário a reprodução de outros microrganismos benéficos, como as bactérias láticas e actinomicetos.
- Actinomicetos (ex: Actinomyces sp., Streptomyces sp.): aproveitam os
aminoacidos produzidos pelas bacterias fotossintetizadoras e produzem
antibioticos naturais que controlam fungos e bacterias patogenicos. Produzem substancias uteis a outros microrganismos beneficos, como as bactérias fixadoras de nitrogênio de vida livre e as micorrizas.
- Bacterias produtoras de acido lático, ou láticas (ex: Lactobacillus sp.,
Pediococcus sp): velhas conhecidas da Humanidade, utilizadas na produção de iogurtes, vinagre e picles. No solo, transformam os açúcares excretad...
Ir para a página:

Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google
WhatsApp: (11) 9 8104 7797